Boa notícia para quem pretende participar dos próximos concursos públicos previstos para ser realizados pela Polícia Civil de São Paulo (PC/SP). Acontece que o projeto de lei do orçamento estadual de 2017, entregue na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) no último dia 30 de setembro, pelo secretário estadual de planejamento e gestão, Marcos Monteiro, prevê uma reserva de nada menos do que R$ 115,5 milhões em 2017 para a corporação, destinados para a “realização de concursos pela Academia de Polícia para as diversas carreiras policiais, bem como de cursos de formação e aperfeiçoamento dos policiais integrantes da Polícia Civil”. O montante é muito superior ao total reservado no orçamento de 2016, que era de R$ 30,5 milhões, o que reforça o interesse em, finalmente, reforçar o efetivo da corporação.
Agora, a proposta orçamentária ficará em pauta por 15 sessões para recebimento de emendas e, após este período, seguirá para a Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento, que terá um prazo de 30 dias para dar um parecer sobre a proposta, que tramita em regime de prioridade.
A corporação conta com um pedido, que tramita desde maio, na Secretaria de Gestão Pública (SGP/SP) para o preenchimento de nada menos do que 4.438 vagas em 2017, sendo 2.074 para preenchimento por novas seleções e 2.364 para convocação de remanescentes de concursos já realizados.

Das 2.074 solicitadas para novos concursos, 253 são para cargos com exigência de ensino médio e 1.821 para carreiras com necessidade denível superior, que oferecem remunerações iniciais que variam de R$ 3.365 a R$ 10.079,28, com jornadas de trabalho de 40 horas semanais.